PORTUGUESE
COMPANYCHALLENGESINDUSTRIAL SCHOOLSOCIAL ACTIONNEWSWORK WITH USCONTACT
HOME > NEWS > EMPRESAS DISCUTEM INOVAÇÃO NO 5º CONGRESSO GESTINO
NEWS
EMPRESAS DISCUTEM INOVAÇÃO NO 5º CONGRESSO GESTINO
15/12/2014
Metodologia promove intercâmbio entre as empresas

JORNAL O POVO
CADERNO DE ECONOMIA
DATA: 15/12/14

Para agregar mais conhecimento, trocar ideias e resultados, diretores e gestores de empresas cearenses que empregam o método Gestino participaram do 5º Congresso Gestino de Inovação

Há cinco anos, diretores e gestores de empresas cearenses que aplicam o método Gestino (cerca de 40) se reúnem num intercâmbio que busca agregar conhecimento, trocar ideias e se confraternizar no Congresso Gestino de Inovação. Segundo o diretor-presidente da EIM Instalações Industrias e do Instituto de Tecnologia e Inovação Gestino (Instig), Nivaldo Teixeira, a motivação maior é reunir as empresas que empregam a metodologia e ver os resultados obtidos ao longo do ano e repassar o que teve de bom e até as dificuldades. “A metodologia por si só é um sucesso porque ela tem na sua essência o intercâmbio entre empresas”, observa, destacando que no método Gestino as empresas se visitam, empresários vão a outras empresas falar sobre resultados, discutem com resolver problemas comuns a todos.

Falando na abertura do evento, Teixeira falou sobre por que insistir em inovar. “A inovação é a única coisa que garante a sustentabilidade de uma empresa a médio e longo prazo. A cada dia nasce uma empresa melhor que a sua. Se você não buscar inovar, que implica oferecer coisas melhores, mais baratas e mais rápidas para os clientes, você fica para trás, perde o lugar no mercado”, afirmou, salientando que inovação é fundamental.

Comenta que o grande sonho de qualquer empresário é reduzir sua equipe à metade, produzir em dobro com um custo menor e remunerar melhor a sua equipe de trabalho.” Isso tudo se consegue com inovação”, explica.

Para Teixeira, o investimento em inovação não é prioridade dos governos. E educação é o maior investimento em inovação que um governo pode fazer. “Enquanto o nosso estado não investir em educação não vai poder fazer inovação. “Só inova quem investe em educação.

Economia
A tendência econômica para os próximos anos foi o tema da palestra que o sócio da SM Consultoria, Gregório Matias, proferiu no 5º Congresso Gestino de Inovação, realizado no último sábado.

Formado em administração de empresas e mestre em economia, Matias, afirma que 2015 será um ano difícil, ainda com inflação e juros altos e baixo crescimento. Avalia que nos próximos anos esse cenário deve se manter, embora com taxas de juros e inflação mais baixas e um crescimento maior, mas ainda pequeno para o que o país precisa: crescer acima de 4% ao ano. “De 2016 para lá o Produto Interno Bruto (PIB) deve ficar ao redor de 2%”, comenta, ressaltando que não vislumbra crescimento maior que 4% nos próximos quatro anos.

O analista considera que se os ajustes necessários forem feitos, sendo recuperada a confiança do empresário e da população, o PIB chegar a esse patamar em 2018. Segundo ele, a taxa de inflação começa a convergir para o centro da meta a partir do último trimestre do próximo ano.”Acho muito difícil a inflação ficar no centro da meta de 4,5% ou até abaixo disso, como ocorreu no governo Lula. Acho que o governo Dilma vai ser pautado por uma inflação alta, de 2016 em diante, ao redor de 5%.

SERVIÇO
Instituto de Tecnologia e Inovação Gestino (Instig), rua Araripe Júnior, 150, Cambeba, telefone (85) 3474 5040, e-mail contato@instig.org.br

Veja matéria na fonte original aqui

Mais Informações
Caroline Borralho
Assessora de Comunicação
(85) 9910.8519

FORTALEZA
Av. Washington Soares, 5700
Cambeba - Fortaleza/CE - CEP: 60822-142
Telefone: +55 85 3474.5000
RECIFE
Rua Maria Rita Barradas, 126
Piedade - Jaboatão dos Guararapes/PE - CEP: 54410-320
Telefone: +55 81 3339.0131
eimltda@globo.com